Blackwork: conheça esse estilo de tatuagem e inspire-se

2020
Share on facebook
Share on email
Share on whatsapp

Quem se interessa por tatuagem tem à disposição uma boa diversidade de estilos, que foram tomando forma ao longo de muitos anos. Entre eles, um dos que têm alcançado bastante popularidade e conquistado muitos adeptos é o Blackwork.

O que é Blackwork?

Apesar de ter recebido maior destaque de uns anos para cá, esse estilo não é novidade no mundo da tatuagem. Na antiguidade, já que não existia a possibilidade de usar tintas coloridas, eram exatamente as tatuagens feitas com tinta preta as mais comuns.

Ou seja, a Blackwork, tatuagem monocromática, é um dos estilos mais antigos existentes e hoje o seu domínio no mundo das tatuagens se dá por seus traços precisos e absolutamente carregados de técnica.

A evolução da Blackwork

A tatuagem monocromática passou por algumas adaptações até chegarmos ao que hoje é chamado de Blackwork. A partir da popularização dos Tribais e Maoris, os artistas que se dedicavam a esse estilo perceberam a necessidade de uma renovação e somando um pouco da técnica de pontilhismo com a geometria, o estilo Blackwork tomou a forma atual.

Por suas características semelhantes ao Tribal e justamente por ser bastante confundido com esse estilo, o Blackwork também é conhecido como Neo Tribal, mas vista como uma releitura moderna das tatuagens tribais.

Estilo e desenvolvimento

Uma das características principais desse tipo de trabalho é que seu foco está principalmente no design da tatuagem e muito pouco em desenhos realistas e carregados de significados.

Apesar de parecer até mais fácil do que muitos estilos de tatuagem, o tipo Blackwork é definido como um traço bastante complexo e é preciso que o tatuador tenha muito domínio da técnica para que consiga chegar a um bom resultado.

Quando falamos em complexidade, não significa que a tatuagem desse estilo não pode ser simples e sem sofisticação, mas sim, que a técnica para realizá-la é muito aprimorada, o que exige bastante habilidade.

É importante destacar que muitas vezes a Blackword pode apresentar algo a mais do que somente a tinta preta. Isso porque, alguns tatuadores utilizam tinta branca em detalhes que precisam de um pouco mais de brilho ou para fazer desenhos inteiros em cima das áreas em preto.

A necessidade da técnica perfeita

Justamente por se tratar de um estilo que envolve traços pontilhados e geométricos, que irão formar uma imagem final, uma tatoo Blackwork é geralmente lotada de detalhes, mas não é apenas isso que irá exigir muita dedicação da parte do tatuador.

Para desenvolver a técnica é preciso muita criatividade do profissional, que deverá deixar o básico de lado e apresentar ao cliente a opção de um trabalho inédito e original.

É importante que o processo de criação conte tanto com a participação do tatuador, como da pessoa que irá receber a tatuagem. Isso vai resultar em um trabalho que, além de bem feito, irá atender as expectativas e o gosto do cliente.

No final das contas, podemos dizer que esse é um dos estilos mais difíceis para os artistas, pois além de exigir criatividade e muita técnica, não dá margens para erro nos traços, já que eles devem ser precisos e extremamente perfeitos.

Receba mais notícias

Deixe seu email abaixo para ser incluído em nossa lista de comunicação.