Dúvidas mais comuns sobre micropigmentação

dermopigmentacao
Share on facebook
Share on email
Share on whatsapp

A micropigmentação é um procedimento relativamente simples, mas que gera muitas dúvidas nas clientes. Nestes casos, saber sanar todos os questionamentos é essencial para as profissionais que desejam ser reconhecidas no mercado. Por isso, é importante conhecer as dúvidas mais comuns sobre a micropigmentação, bem como suas respectivas respostas.

Veja, neste artigo, quais são as perguntas mais frequentes sobre micropigmentação e como responder!

Quais os principais cuidados após o procedimento?

Existem alguns cuidados essenciais após a micropigmentação:

• Não tomar sol e usar protetor solar;

• Não lavar a região com água, higienizar com soro fisiológico gelado ou água boricada duas vezes ao dia;

• Não remover as casquinhas que podem se formar;

• Não usar maquiagem na área nos primeiros dias;

• Manter a área bem hidratada.

Por que é tão importante hidratar a pele após a micropigmentação?

O procedimento causa algumas pequenas feridas, que, por sua vez, vão criar crostas durante a cicatrização. Hidratar a área auxilia no processo de cicatrização, evitando coceiras e remoção de casquinhas, que irá comprometer a fixação do pigmento e prejudicar os resultados, bem como a sua durabilidade.

Quanto tempo dura a micropigmentação?

A micropigmentação é um processo semipermanente. Isso significa que ela tem uma ótima durabilidade, mas requer retoques de tempos em tempos, devido ao desgaste do pigmento e da pele.

Assim, a micropigmentação deve durar no mínimo 6 meses e pode chegar a permanecer intacta por um período de até dois anos. Os fatores que podem interferir nesta durabilidade são:

• Técnica utilizada;

• Habilidade na aplicação;

• Características do pigmento;

• Cuidados após a aplicação;

• Hábitos e zelo da cliente.

Assim, utilizar bons produtos, em conjunto com técnicas adequadas, bem como a adesão da cliente às orientações acerca dos cuidados necessários são os fatores determinantes para a durabilidade da micropigmentação.

Minha micropigmentação ficou escura demais! Vai ficar assim?

É normal que nos primeiros 3 a 4 dias após a micropigmentação a cor fique mais escura do que o desejado, mas este não é o tom final que ela vai ter. Com a cicatrização, a cor vai se tornando gradualmente mais clara, aproximando-se do tom ideal para a cor de pele e pelo da cliente.

Por volta dos 30 dias após o procedimento a tonalidade já deverá estar bem próxima da planejada.

É possível alterar o formato natural das minhas sobrancelhas ou lábios?

Sim, é possível. No entanto, quanto menores forem as alterações, mais natural e esteticamente agradável será o resultado obtido.

O desenho selecionado deve levar em conta a estrutura óssea e os traços da cliente, para criar um visual harmonioso e estético. Para isso, é possível acentuar ligeiramente o arco da sobrancelha ou prolongar um pouco sua extensão. Já nos lábios, é possível equilibrar pequenas assimetrias e ampliar ligeiramente os contornos.

No entanto, o ideal é sempre preservar a naturalidade e não alterar severamente a expressão.

Meus lábios são escuros. Posso fazer micropigmentação?

Sim. Dependendo da tonalidade natural dos lábios, pode ser necessário, inicialmente, realizar uma neutralização, para garantir o melhor resultado possível.

No entanto, por meio do emprego de técnicas adequadas é sim possível aplicar o procedimento em lábios de todos os tons.

Receba mais notícias

Deixe seu email abaixo para ser incluído em nossa lista de comunicação.